SINDSEP-MG aciona Reitoria da UFTM e Superintendência da Ebserh, em Uberaba para garantir transporte dos trabalhadores de Uberlândia e cidades vizinhas durante pandemia do coronavírus

SINDSEP-MG aciona Reitoria da UFTM e Superintendência da Ebserh, em Uberaba para garantir transporte dos trabalhadores de Uberlândia e cidades vizinhas durante pandemia do coronavírus

Os trabalhadores da Ebserh da cidade de Uberlândia e outras localidades da região que trabalham no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM), em Uberaba foram surpreendidos hoje, 23/03, com uma decisão da empresa de transporte, que alegava que, em razão da pandemia de coronavirus, a partir de hoje não poderia mais fazer o transporte dos trabalhadores. Imediatamente o SINDSEP-MG, via Núcleo Regional Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba foi acionado pelos trabalhadores. Ao saber que os trabalhadores haviam acionado o Sindicato, a empresa reviu sua decisão, informando que o transporte, porém, seria mantido até o dia 05 de abril. Contudo, exigia que todas as passagens (de hoje até a referida data) fossem adquiridas hoje.

A Diretoria do Sindicato enviou um ofício à Reitoria da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), solicitando que, juntamente com a Superintendência do HC-UFTM, entre em contato com a empresa que faz o transporte dos trabalhadores e tente revogar tal decisão, uma vez que os trabalhadores da área de saúde estão na linha de frente e são essenciais no combate a pandemia do coronavírus.

O SINDSEP-MG vai continuar negociando para que os trabalhadores não sejam prejudicados em um momento em que são tão necessários ao atendimento da população que necessita dos serviços de saúde.

Lembramos ainda que tal decisão vai na contramão do inciso V do art. 3º do Decreto 10.282, de 20 de março de 2020 que define como serviços públicos e atividades essenciais “ o transporte intermunicipal, interestadual e internacional de passageiros...”.

O SINDSEP-MG coloca ainda à disposição dos trabalhadores da Ebserh (prejudicados com essa decisão), a casa onde funciona o Núcleo Regional Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba para que os mesmos se instalem, provisoriamente, até que a situação do transporte seja solucionada.